O festival

logo-face-okRealizada com sucesso em 2014 e 2015, a Mostra Cine Brasil Cidadania passa a se chamar Santos Film Fest – Festival de Filmes de Santos. O projeto acontecerá de 3 a 7 de novembro, em cinco espaços da cidade, com programação completamente gratuita.

O objetivo é manter o caráter reflexivo e transformador do cinema, exibindo filmes, especialmente longas brasileiros contemporâneos, que abordem questões relativas à cidadania. Mas agora, o projeto passa a abrir espaço para produções estrangeiras e clássicos do cinema nacional. Busca instigar a produção de longas-metragens na Baixada Santista, bem como propiciar ao público produções independentes realizadas em gêneros diferentes, no Brasil e no exterior.

Em 2014 e 2015, as duas primeiras edições da Mostra Cine Brasil Cidadania trouxeram longas inéditos para a cidade, como a coprodução Brasil-Índia “Bollywood Dream – O Sonho Bollywoodiano”, a animação indicada ao Oscar “O Menino e o Mundo”, cuja sessão foi a primeira do filme na região, “Os Melhores Anos de Nossas Vidas” e o premiado “São Silvestre”. Sempre com sessões lotadas, atingindo pessoas de todas as idades e ampla cobertura da mídia.

ABERTURA:

Para dar início à celebração cinematográfica, o evento terá em sua abertura a avant-première nacional do filme “Receita Para a Felicidade: O Homem, O Cão e o Salto”. Na quinta-feira, 3 de novembro, 21h30, na sala 1 do Cine Roxy 4 do Shopping Pátio Iporanga (Av. Ana Costa, 465, Gonzaga). Antes da exibição, haverá uma intervenção com artistas da ONG Só Riso. A entrada é gratuita, por ordem de chegada.

Com 72 minutos de duração, a trama, acompanha “voluntários de terapias alternativas que deixam suas vidas convencionais por algumas horas para ajudar quem precisa e acabam percebendo que a felicidade é muito mais simples do que imaginam”. O longa é dirigido pelo jovem santista Delson Matos Gomes. Junto ao lançamento do filme, será anunciado o aplicativo “Quero Ajudar”. Ambos os produtos se complementam e trazem informações sobre o benefício da ajuda ao próximo.

São como um único produto, no qual o aplicativo é um modo de as pessoas interagirem com as instituições que precisam de ajuda.

A ferramenta une as instituições de ajuda social às pessoas, ou seja, une quem precisa de ajuda com quem pode ajudar. O usuário do aplicativo seleciona a região que mora e a ferramenta lista as instituições cadastradas com suas necessidades (cadastradas previamente).

Dentro do Santos Film Fest, “Receita Para a Felicidade: O Homem, O Cão e o Salto” ainda terá sessões na sexta-feira, 4 de novembro, 15h, no Instituto Arte no Dique, no sábado, 5 de novembro, 19h30, na Praça do BNH (bairro Aparecida) e depois ficará uma semana em cartaz na sessão das 18h30 no Cine Arte Posto 4.

HOMENAGEM À SONIA BRAGA:

Entre os objetivos do festival está a valorização da memória cinematográfica. Principalmente em relação ao cinema nacional. Para tanto, na sexta-feira, 4 de novembro, 19h30, acontecerá o lançamento da exposição “Viva Sonia Braga”, que reunirá a memorabilia do artista Waldemar Lopes, maior fã da atriz. Ele foi consultor na homenagem que o Festival de Gramado 2016 fez à protagonista do filme “Aquarius” e possui itens raros, que serão expostos no primeiro piso do Shopping Pátio Iporanga. Ainda no mesmo dia, vai rolar uma sessão especial, na sala 1, de “Dona Flor e Seus Dois Maridos”, que até 2010 foi a maior bilheteria do cinema brasileiro e completa em 2016 40 anos de seu lançamento.

Atualmente Sonia vive grande momento em sua carreira: estrelou “Aquarius”, filme que estreou no Festival de Cannes, abriu o Festival de Gramado e tem recebido prêmios mundo afora. E também está na série “Luke Cage”, da parceria Marvel-Netflix, na qual interpreta a mãe da personagem de Rosario Dawson. Além disso, é a atriz brasileira que tem carreira mais marcante no exterior, tendo sido indicada ao Globo de Ouro, ao Bafta (O Oscar britânico) e estrelado outros sucessos nacionais como “A Dama do Lotação”, “Gabriela, Cravo e Canela” e “Tieta do Agreste”.

A exposição “Viva Sonia Braga” seguirá aberta para visitação diariamente até quinta-feira, dia 10 de novembro, no horário de funcionamento do shopping.

ITINERÂNCIA CINEFANTASY:

Nesta primeira edição, o Santos Film Fest estabeleceu uma parceria com o Cinefantasy – Festival Internacional de Cinema Fantástico e trará a Santos os longas e curtas vencedores. O Cinefantasy é um evento internacional criado para incentivar, debater e divulgar o cinema fantástico e seu universo. Sua sétima edição ocorreu em setembro deste ano.

 

O cinema fantástico é um termo usado para unir todos os gêneros que têm um pé no real e outro no irreal. Ou seja, horror, ficção científica e fantasia são subgêneros que integram o fantástico.

As sessões ocorrerão no Museu da Imagem e do Som de Santos. Serão exibidos o italiano Fantasticherie Di Un Passeggiatore Solitario, o brasileiro O Diabo Mora Aqui” e seis curtas premiados. Também haverá um bate-papo com os coordenadores do festival sobre o panorama do cinema independente de gênero.

OLYMPIA

Ainda no sábado, dia 5, no MISS, 20h, vai rolar lançamento do filme “Olympia”. Olympia representa as cidades submetidas a um sistema político corrupto, fundamentado pelos privilégios. O ponto de partida para o enredo surge na construção de um campo de golfe para os Jogos Olímpicos situado numa reserva ambiental. A história que se segue – repleta de coragem e investigação – traz à tona os bastidores obscuros da prefeitura de Olympia.

AO AR LIVRE

Cumprindo um de seus propósitos de descentralizar a programação e propiciar o acesso à cultura e a formação de público, o Santos Film Fest realizará sessões ao ar livre, na Praça do BNH. No sábado, dia 5, do filme “Receita Para a Felicidade: O Homem, O Cão e o Salto” e, no domingo, sessões do curta-metragem “Lúcida”, de Fabio Rodrigo e Caroline Neves, prêmio da crítica em Gramado este ano, e “Sabotage – Maestro do Canão” (2015), de Ivan 13P, sobre o famoso rapper paulistano. Ivan virá a Santos para conversar com o público após as sessões. Ambas as produções abordam questões ligadas à vida na periferia e servirão de fonte para o debate sobre cidadania.

Caso chova no dia as exibições ocorrerão em espaço coberto, a ser confirmado.

VIRADA CINEMATOGRÁFICA

Na virada de sábado (5) para domingo (6) acontecerá uma virada cinematográfica na Cinemateca de Santos, em parceria com a Sessão Comodoro e o cineasta Vébis Júnior. Serão exibidos três longas. Ao término da programação, quem resistir até o fim poderá conferir um café da manhã. A iniciativa é inspirada em parte no clássico Noitão promovido pelo Cine Belas Artes, de São Paulo.

A Mostra Comodoro, criada pelo cineasta Carlos Reichenbach se destacou em São Paulo ao exibir filmes do chamado “cinema extremo”. Após o falecimento do diretor, Vébis Júnior manteve o acervo e segue com o projeto em Santos e faz a curadoria ao lado de .

PRÉVIA

Uma das reflexões promovidas pelo Santos Film Fest é a possibilidade de realização de longas independentes. No domingo, 6 de novembro, 17h30, no Museu da Imagem e do Som de Santos, acontecerá um bate-papo com Delson Matos Gomes e Wladimyr Crus. Dois santistas que realizaram longas-metragens. Delson é responsável por “Receita Para a Felicidade”. Já Wladimyr tem três longas no currículo – “Woodstock ¬ Mais Que Uma Loja…” (disponível atualmente no Netflix),”Uma Nova Onda De Liberdade ¬ A História do Madame Satã” e “Os Portais do Inferno se Abrem – A História do Vulcano” – e prepara “Califórnia Brasileira”, sobre a cena hardcore da cidade nos anos 90. Na ocasião, haverá uma maratona de videoclipes de bandas santistas e uma prévia de “Califórnia Brasileira”, em primeira mão.

 

ENCERRAMENTO

Para coroar a programação, mais um lançamento. Na segunda-feira, 7 de novembro, 20h, no Museu da Imagem e do Som de Santos, acontece sessão do filme “Condado Macabro” e noite de autógrafos do livro homônimo, ambos de Marcos DeBrito. O livro é da Editora Simonsen, do santista Rodrigo Simonsen.

Uma casa alugada por cinco jovens transforma-se no palco de uma chacina. Um palhaço suspeito é encontrado todo ensanguentado na cena do crime e precisa provar sua inocência para o investigador da pequena cidade onde cometia seus delitos. Sem evidências para prendê-lo, o policial entra no jogo ardiloso do acusado e precisa averiguar sua versão de que assassinos sanguinários possam ter passado pela mansão.

A classificação indicativa é 18 anos para a exibição do longa.

O 1º Santos Film Fest – Festival de Filmes de Santos é realizado pelo CineZen Cultural junto de Prefeitura Municipal de Santos, Cine Roxy, Shopping Pátio Iporanga, tem parcerias da Unimonte, do Cinefantasy e da Sessão Comodoro e apoios de Muito Prazer, Meu Nome é Hip Hop!,  CulturalMente Santista – Fórum Cultural de Santos, Open House Idiomas, Instituto Arte no Dique, Instituto Dakpa, Shake Burger, Editora Simonsen, Factor Business Solutions, Cinemateca de Santos, Bolshoi, TV Tribuna (afiliada Globo), Rádio CBN Santos, Juicy Santos, Zona Punk e Cinemaqui. A idealização e coordenação geral são do jornalista André Azenha.

Empresas realizadoras, apoiadoras e parceiras do Santos Film Fest